agosto 26, 2010

Meio tarde para Aécio Neves dar alguma lufada de esperança na campanha de Serra. No fundo, no fundo,  o ex-governador mineiro teme carregar boa parte da culpa pela derrota do paulista. TH

Depoimento de Aécio para sacudir campanha de Serra

Reuters/Brasil Online

A presença do ex-governador de Minas Gerais Aécio Neves na propaganda de TV do candidato à Presidência José Serra está sendo vista por tucanos e aliados como uma nova etapa na campanha do PSDB.

O movimento faz parte da reação à escalada da adversária Dilma Rousseff (PT), que nas pesquisas de intenção de voto tem mostrado boas chances de vitória já no primeiro turno.

O tom assumido pela campanha é de que a vitória da petista não passa de uma onda e que a eleição não está decidida. Serra deixou o topo das pesquisas no final de julho.

Aécio viajou a São Paulo nesta quarta-feira especialmente para gravar um depoimento que será exibido no horário gratuito.

Ele permaneceu cerca de uma hora no estúdio do marqueteiro de Serra, Luiz Gonzalez, na Vila Leopoldina, onde pediu votos e elogiou o companheiro de partido, que não estava presente, e cumpria agenda em Natal (RN).

O candidato ao Senado por Minas vai, segundo um aliado, "dar cor local" à campanha serrista no segundo maior colégio eleitoral do país, com pouco mais de 10 por cento dos eleitores.

Deixe o seu comentário