julho 22, 2011

Lucian Freud (neto de Dr Freud), pintor alemão radicado na Inglaterra morreu na noite desta quarta, aos 88 anos
Considerado o maior pintor contemporâneo, Lucian Freud morreu na noite desta quarta, em sua casa em Londres, aos 88 anos. Tive oportunidade de ver exposição do pintor em Madri e fiquei realmente impressionada com a sua obra. O que para uns pode parecer grotesco, significa a natureza do ser humano sem retoques.

Como como disse o próprio artista:“Eu pinto pessoas. Não para mostrar como elas são, mas sim como parecem para mim. Minhas telas têm a ver com esperança, memória, sensualidade e, principalmente, envolvimento.”
(Lucian Freud, em catálogo de exposição realizada no Tate Museum, em 2002)

Deixe o seu comentário